Archive for julho \30\UTC 2010

Entrevista com fundador do movimento software livre (em inglês)

30 de julho de 2010

Segue entrevista com o fundador do movimento software livre, Richard Stallman.

Os leitores do Reddit propuseram e votaram em perguntas para uma entrevista colaborativa com o fundador do projeto GNU, e ele respondeu, no seu estilo habitual, as 25 mais votadas.

Link para a entrevista

O trabalho, a produção destrutiva e a des-realização da liberdade

29 de julho de 2010

Quer entender um pouco o mundo do trabalho atual? Esse breve textinho de Ricardo Antunes (4 páginas) dá uma boa introdução tema, explicando que apesar do discurso dominante afirmar que a humanidade chegou a seu ponto alto, com grande democracia e bem estar … a realidade é bem diferente. O texto aborda as modalidades de trabalho em expansão atualmente, a enorme precarização do trabalho, o desemprego estrutural, etc …

Para quem estiver interessado em aprofundar a leitura, esse artigo é do livro Adeus ao Trabalho (do mesmo autor). [um dos melhores textos desse livro e que é uma versão ampliada do que consta nesse post é “A crise contemporânea e as metamorfoses no mundo do trabalho”]
Livros que considero excelentes sobre o tema (melhores que “Adeus ao Trabalho”) são “Democracia Totalitária: Teoria e prática da empresa soberana” e “Transnacionalização do capital e fragmentação dos trabalhadores”, ambos de João Bernardo.
A leitura desses livros (especialmente os de João Bernardo) faz qualquer pessoa olhar o seu ambiente de trabalho de uma maneira completamente diferente …
Todos esses livros podem ser encontrados na internet …

O TRABALHO, A PRODUÇÃO DESTRUTIVA E A DES-REALIZAÇÃO DA LIBERDADE – Ricardo Antunes
Ah! O formato do arquivo é Open Document Text. Um formato de texto livre e que qualquer Office pode implementar, se você infelizmente usa algum Microsoft Office antigo que boicotavam o formato (acho que os novos já abrem) … você pode abrir no BrOffice (suíte de escritório livre) ou no Google Docs.

Doutor Jivago: Filme incrível que se passa na revolução russa.

28 de julho de 2010

Assisti hoje esse filme incrível. Ele se passa durante a revolução russa e consegue passar muito bem o sentimento e as angústias da época. Além disso, a trama é excelente … também … é uma adaptação para o cinema de um clássico da literatura russa (e mundial) de mesmo nome, do escritor Boris Pasternak. O filme está disponível nas torrentezas da vida … e também pode ser levado para casa em mulae.

Não vou fazer resenha nem sinopse do filme porque há muitas pela internet … deixo umas fotos e a dica de que você pode converter o vídeo de um formato proprietário para um livre com o programa oggconvert (explico essas coisas de formatos de vídeo livre e fechado e como converter em um tópico no futuro).

Doutor Jivago

Capa de Doutor Jivago

Inproprietario: O mundo do software livre – Daniel Bianchi e Jota Rodrigo (2008)

26 de julho de 2010

“Inproprietário – O mundo do software livre” é o trabalho de conclusão do curso de Comunicação Social com habilitação em Jornalismo dos ex-alunos Jota Rodrigo (Johnata Rodrigo de Souza) e Daniel Pereira Bianchi, do Centro Universitário FIEO – UNIFIEO.
É um bom documentário sobre software livre, ajudando a esclarecer o que é software livre, sua importância para a sociedade e como surgiu o movimento a algumas décadas atrás.
Meu único comentário negativo é terem escolhido para entrevistar justamente um militar que participou da ocupação do Haiti, que garantiu a permanência da situação criada com o golpe que derrubou um governo legítimo e de tons populares, mas não atrapalha o desenvolvimento do assunto principal …

O documentário tem só 32 minutos e vai mudar a opinião de vocês sobre informática e produção do conhecimento em geral …

Segue o link do torrent (em formato de vídeo livre): http://ubuntuone.com/p/B85/

Ah! Um bom player livre para assistir o vídeo é o VLC (tanto para GNU/Linux quanto para Windows).

E para os que preferem ver online:

No Vimeo http://vimeo.com/4999054

ou em 3 partes no YouTube:

Parte 1: http://www.youtube.com/watch?v=wNfI3BNHLMY

Parte 2:http://www.youtube.com/watch?v=DJfBc4HTz6o

Parte 3:http://www.youtube.com/watch?v=hSJje3Jm2QI

“Software livre é massa mas ainda não consegui largar completamente o Windows”

26 de julho de 2010

Se você se identifica com o software livre mas não conseguiu ainda largar completamente o Windows (seja porque usa no trabalho, ou ainda não se acostumou com sistemas operacionais livres), você pode usar o máximo de programas livres no Windows. Além de diminuir o uso de programas proprietários, você ganha intimidade com programas livres e, vale dizer, muitos deles existem em GNU/Linux. Assim você facilita uma futura transição ao GNU/Linux.

Mas … ONDE ACHAR SOFTWARE LIVRES PARA WINDOWS???

Em http://www.cdlibre.org/consultar/catalogo/index.html você acha um enorme catálogo de software livre para Windows. E ainda pode baixar uma imagem de CD com muitos deles.

Um pouco sobre software livre

26 de julho de 2010

Direto do site http://www.gnu.org/philosophy/free-sw.pt-br.html  (mais informações nesse site).

Nós mantemos esta definição do Software Livre para mostrar claramente o que deve ser verdadeiro à respeito de um dado programa de software para que ele seja considerado software livre.

“Software Livre” é uma questão de liberdade, não de preço. Para entender o conceito, você deve pensar em “liberdade de expressão”, não em “cerveja grátis”.

“Software livre” se refere à liberdade dos usuários executarem, copiarem, distribuírem, estudarem, modificarem e aperfeiçoarem o software. Mais precisamente, ele se refere a quatro tipos de liberdade, para os usuários do software:

  • A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito (liberdade no. 0)
  • A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades (liberdade no. 1). Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade.
  • A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo (liberdade no. 2).
  • A liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os seus aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se beneficie (liberdade no. 3). Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade.

Sobre a utilidade disso

26 de julho de 2010

Bom, a ideia do blog é,  antes de mais nada, conhecer um pouco essas ferramentas para criaçào de blog.

E, talvez, publicar algo que ajudou meus colegas em suas primeiras explorações no mundo GNU/Linux.

Podem entrar também coisas que considere interessante sobre software livre e todo tipo de informação relacionada a cultura livre, assim como, mais raramente, alguma coisa relacionada a política/história/sociedade/cerveja/futebol.